This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Read our privacy policy>Search

Pesquisar
  • banner pc 05

    Aprimorando a experiência: A inteligência do Aeroporto de Shenzhen evolui com a plataforma digital Huawei Horizon

"Nossa missão é explorar uma nova maneira de construir aeroportos do tipo 4 em 1 e servirmos de exemplo para a construção de aeroportos inteligentes na China."

"O Aeroporto de Shenzhen passou por muitas mudanças importantes. Faz apenas um mês que peguei um avião", disse um passageiro surpreso, arrastando sua mala para o portão de embarque. Agora, leva apenas dez minutos para concluir todos os procedimentos necessários e ir da entrada do aeroporto até o portão de embarque. O passageiro continuou: "O aeroporto de Shenzhen me surpreendeu muito este ano, a cada vez minha experiência é sempre diferente. Na semana passada, era preciso ter nossos cartões de embarque eletrônicos ou cartões de identificação digitalizados antes do embarque, mas agora podemos embarcar diretamente no avião graças à tecnologia de reconhecimento facial (RF). É muito conveniente."

O uso do RF eliminou a necessidade de cartões de embarque em papel, reduzindo os atrasos nos voos e garantindo partidas pontuais. Esses desenvolvimentos foram possibilitados pelos esforços conjuntos do Aeroporto de Shenzhen e da Huawei. De 2017 a 2019, as duas organizações trabalharam em conjunto no âmbito de um acordo-quadro de cooperação estratégica para direcionar a transformação do aeroporto. O acordo não só acelera e otimiza de forma abrangente a construção de um aeroporto inteligente, mas também mantém a posição de liderança do aeroporto de Shenzhen no setor de aviação civil da China. Além disso, seguindo o conceito de referência piloto, o Aeroporto de Shenzhen explorou ativamente a reforma e a inovação de sistemas de gerenciamento de aeroportos nacionais, bem como a construção de aeroportos 4 em 1, ou seja, aeroportos seguros, ecológicos, inteligentes e culturais. Também assumiu a missão de construir grupos de cidades/aeroportos de classe mundial para a Área da Baía de Guangdong-Hong Kong-Grande Macau.

Para Zheng Hongbo, presidente do Shenzhen Airport Group, os objetivos da transformação digital do aeroporto de Shenzhen envolvem a construção de um aeroporto inteligente e inovador que possa servir e beneficiar a vida das pessoas. Orientado para as necessidades dos passageiros, o aeroporto otimiza seus processos de negócios e métodos de gerenciamento, para atingir sua meta final de garantir uma segurança mais confiável, operações mais eficientes e serviços mais atenciosos por meio da transformação digital.

Transformar para ser inteligente: A melhor experiência de aeroporto digital

Atualmente, mais de 30 projetos foram implementados para a primeira fase da construção inteligente do Aeroporto de Shenzhen, permitindo operações, segurança e serviços inteligentes nos aeroportos.

A inteligência pode ser encontrada nos portões de embarque no Aeroporto de Shenzhen e, atualmente, o aeroporto implantou quiosques de autoatendimento e habilitou o embarque com base em FR para todos os portões de embarque de partida doméstica. Em média, leva apenas de um a dois segundos para cada passageiro passar pela catraca após uma verificação de identidade rápida e precisa. Viagens tranquilas com um único documento de identificação, bem como embarque completo de autoatendimento, tornaram-se realidade no Aeroporto de Shenzhen.

Em 2018, a Aeroporto de Shenzhen aplicou big data e outras novas tecnologias para executar verificações de segurança diferenciadas na China, uma conquista reconhecida no setor. O aeroporto lançou as plataformas de segurança baseadas em FR Security Check, Intelligent Security Check Channel, e Easy Security Check em 2019. Elas implementam um serviço de autoatendimento completo, melhorando ainda mais a experiência do passageiro.

Enquanto isso, concentrando-se nos fluxos de passageiros, o Aeroporto de Shenzhen introduziu tecnologias de reconhecimento biométrico para promover viagens convenientes sem papel em todo o aeroporto. Essas tecnologias implantam quiosques de check-in de autoatendimento, entrega de bagagem e embarque em larga escala e transformam os modos de mobilidade dos passageiros com base em perfis de passageiros, conexões digitais, transformação de serviços comerciais e serviços personalizados. Ao fazer isso, o Aeroporto de Shenzhen desenvolveu serviços unificados para uma melhor experiência geral dos passageiros.

Esses serviços unificados usam a Plataforma Digital Horizon da Huawei para integrar dados comerciais sobre segurança pública, passageiros, companhias aéreas e aeroportos. Ao implementar a interação de dados na plataforma de integração, a unificação dos serviços permite que os passageiros desfrutem de viagens convenientes E2E em oito cenários de negócios nos terminais.

Alocação inteligente de terminais: De quatro horas para um minuto

Pode levar até 30 minutos para que os passageiros que desembarcam em terminais afastados alcancem o terminal principal usando os ônibus de translado da pista, apesar de estarem a apenas algumas centenas de metros de distância. Resumindo, terminais afastados muitas vezes causam frustração nos passageiros.

O Aeroporto de Shenzhen lançou oficialmente o sistema inteligente de alocação de terminais no final de novembro de 2019. O sistema introduziu primeiro algoritmos de IA nos aeroportos da China, ajudando o aeroporto de Shenzhen a alocar terminais de forma automática e inteligente. Em comparação com a alocação manual, o sistema de alocação inteligente de terminais reduz o tempo necessário para designar terminais aos mais de 1000 voos por dia de quatro horas para apenas um minuto, com atualizações a cada dez minutos. Ao implantar esse sistema, o aeroporto de Shenzhen melhorou muito sua taxa de docagem ponte-aeronave, bem como a taxa de rotatividade de ponte, permitindo que mais passageiros embarquem diretamente na aeronave através de pontes.

O sistema inteligente de alocação de terminais converge mais de 170 objetos de dados principais com mais de 60 regras de operação e usa modelos de algoritmo de IA para alocar terminais de forma inteligente e eficiente, abrangendo todo o espectro de processos, cenários e elementos do aeroporto.

Mantendo um aeroporto funcionando sem problemas com apenas um mapa operacional

Aeroportos devem ter um Centro de Operações Inteligente (COI) para oferecer suporte técnico e manter o controle de mais de 1000 voos por dia. O COI do aeroporto funciona como um cérebro: um sistema de controle de operações inteligente, eficiente, colaborativo e abrangente que pode manter um aeroporto funcionando sem problemas. Em 2019, com base no COI, a taxa de desempenho de partida no horário do Aeroporto de Shenzhen excedeu 87%, com as taxas de outubro, novembro e dezembro, passando dos 90%. O aeroporto está entre os melhores da China devido à sua estável taxa de desempenho de partida no prazo de mais de 80% por 16 meses consecutivos.

A ampla tela do COI no Centro de Operações de Aeroporto (COA) do Aeroporto de Shenzhen exibe o status geral de funcionamento do aeroporto, como a taxa de desempenho de partida no prazo e o status de execução de voos, bem como as chegadas e partidas de voos do dia, dinamicamente atualizadas. O COI é compatível com várias funções, incluindo panorama 3D do aeroporto, exibição diversificada de informações, fácil alternância entre imagens de vigilância em tempo real em todo o aeroporto, bem como imagens térmicas de densidade de multidão dentro dos terminais. Usando um mapa, o COA implementa visualização global precisa, previsão correta inteligente e colaboração eficiente de vários domínios entre os dados de tráfego terrestre, aéreo e terrestre.

Pan Peigen é CTO do Departamento de Soluções de Transporte do Enterprise Business Group da Huawei, proprietário do One Map for Operations Solution do Aeroporto de Shenzhen e arquiteto-chefe de aplicativos do Projeto do Aeroporto de Shenzhen (Fase 1). Ele acredita que o COI do aeroporto demonstra como os dados impulsionam as empresas, pois integram TO com TI, novos dados com dados antigos e com empresas. Por meio da digitalização de conteúdo, o COI implementa a visualização dinâmica global e a colaboração de fluxos de negócios complexos, ao mesmo tempo em que melhora continuamente os principais indicadores, como a taxa de desempenho de partida no prazo, para proporcionar uma melhor experiência de viagem de passageiros.

Uma rede para segurança permite um gerenciamento de segurança mais inteligente

A segurança é vital para a aviação civil, bem como um foco importante da construção inteligente do aeroporto de Shenzhen. Assim, o Aeroporto de Shenzhen construiu uma rede de segurança para todas as situações.

O Aeroporto de Shenzhen usa o Centro de Operações de Segurança (COS) inteligente do aeroporto para construir um sistema de suporte de segurança abrangente, que oferece proteção de segurança do solo ao ar e produz um sistema ativo com uso intenso de tecnologia. O sistema pode identificar riscos potenciais com precisão, lidar com exceções de forma eficiente e controlar globalmente o status de segurança do aeroporto. Ele atualiza de forma inteligente o gerenciamento passivo de segurança do aeroporto para identificação, prevenção e controle de riscos de segurança ativos e precisos.

Serviços unificados, um mapa de operações e uma rede de segurança são desenvolvidos com a plataforma digital Horizon da Huawei, com várias novas tecnologias integradas, como big data, IA, ICP e nuvem de vídeo.

A base digital dos aeroportos inteligentes: A plataforma digital Horizon da Huawei

Pela primeira vez, a taxa de transferência anual de passageiros do Aeroporto de Shenzhen excedeu 50 milhões em 2019. Foi também a primeira vez que, num único ano, o aeroporto conseguiu transportar cinco milhões de passageiros internacionais. As estatísticas demonstram não só o crescente volume de negócios do aeroporto, mas também a maior pressão que enfrenta em termos de capacidade de suporte à operação de segurança e serviços operacionais. Portanto, o Aeroporto de Shenzhen precisa urgentemente da integração de novas tecnologias e negócios para melhorar sua qualidade operacional e eficiência.

Falando sobre a transformação digital em andamento do Aeroporto de Shenzhen, Wang Guoyu, gerente geral do Departamento de Soluções de Transporte do Enterprise Business Group da Huawei, disse que a transformação digital será a estratégia principal de todo o setor de aviação civil no futuro. Somente por meio da exploração contínua e da inovação dos pioneiros do setor essa estratégia pode ser alcançada. Combinando sua experiência em tecnologias e transformação digital, a Huawei espera ser uma facilitadora de aeroportos inteligentes e alcançar uma faixa mais ampla da aviação civil digital.

Pela perspectiva da Huawei, o gerenciamento, o controle e a simplificação dos fluxos de negócios existentes, bem como o aproveitamento do valor dos dados, são os principais desafios de transformação digital enfrentados pelo Aeroporto de Shenzhen e por outros aeroportos na China. A transformação digital do aeroporto de Shenzhen pode ser implementada em três aspectos: clientes, que incluem companhias aéreas, passageiros e comerciantes; fluxos de negócios orientados por dados, que incluem visualização dinâmica global e colaboração de fluxos de negócios complexos; e ecossistemas e plataformas digitais, que englobam uma cadeia digital de serviços completos baseada em experiências em tempo real, sob demanda, totalmente on-line, de autoatendimento e sociais.

"O Aeroporto de Shenzhen deseja cooperar com uma empresa na promoção contínua de sua transformação digital. Os desafios que ele enfrenta são semelhantes aos da Huawei e, portanto, a plataforma digital Horizon da Huawei desempenha um papel fundamental em nossa cooperação", disse Pan Peigen. Ele acredita que é importante primeiro estabelecer conexões com os aplicativos e negócios do Aeroporto de Shenzhen antes de implantar a plataforma digital Horizon da Huawei. É necessário desenvolver uma solução com todos os cenários, processo completo e elementos para o aeroporto, bem como ajudar a resolver seus problemas de fluxo de voo, como monitoramento e colaboração de fluxo de voo visualizados e tomada de decisões.

O Aeroporto de Shenzhen concentra-se no desenvolvimento de plataformas durante sua construção de aeroporto inteligente e trabalha com seus parceiros para construir ecossistemas de plataformas. Seguindo um caminho de desenvolvimento "orientado por estratégia, bem como planejamento, construção e operação unificados", o Aeroporto de Shenzhen estabeleceu uma nova plataforma digital para integrar IoT, big data, IA, nuvem de vídeo, GIS e ICP.

Com base nessas infraestruturas e plataformas, o Aeroporto de Shenzhen planejou e construiu quase 100 projetos inteligentes em duas fases. Já foram implementados mais de 30 projetos na fase 1 e estão sendo apresentados mais de 60 projetos na fase 2. Estima-se que todos os projetos serão concluídos em 2020.

Desenvolvimento inteligente com alta qualidade

O Aeroporto de Shenzhen se tornou cada vez mais inteligente por meio da transformação digital. Vários projetos inteligentes, como verificação de segurança diferenciada e alocação inteligente de terminais, foram implementados e promovidos com sucesso em todo o país. Atualmente, as operações aeroportuárias e a experiência dos passageiros em toda a China estão evoluindo de inteligente para de alta qualidade.

Em 10 de dezembro de 2019, o Aeroporto de Shenzhen e a Huawei lançaram o artigo técnico sobre a transformação digital do aeroporto de Shenzhen no Encontro Sobre Construção de Aeroportos Inteligentes realizado pela Administração Regional do Centro e Sul da autoridade de aviação chinesa, a CAAC. O artigo técnico é uma demonstração da experiência de transformação digital do Aeroporto de Shenzhen e da construção inteligente do aeroporto, para ser compartilhado com o setor. Seu objetivo é inspirar a compreensão da indústria nacional da aviação civil sobre a construção de aeroportos inteligentes.

Além disso, a Administração Regional do Centro e Sul da CAAC lançou oficialmente suas Diretrizes para apoiar o Aeroporto de Shenzhen na construção de um aeroporto inteligente. Este documento demonstra o reconhecimento da autoridade de aviação chinesa, a CAAC, pelas realizações do aeroporto de Shenzhen em explorar ativamente a transformação digital, bem como promover a construção inteligente do aeroporto. Ele também oferece um forte suporte político para que o Aeroporto de Shenzhen aprofunde continuamente a transformação digital e conduza de forma abrangente os projetos-pilotos de construção de aeroportos inteligentes.

O lançamento desses dois documentos marca as conquistas feitas pelo Aeroporto de Shenzhen e pela Huawei em transformação digital e construção de aeroportos inteligentes, que foram reconhecidas e podem ser compartilhadas para beneficiar mais passageiros. O Aeroporto de Shenzhen tem sido uma história de sucesso da implementação de aeroportos inteligentes em áreas dentro da jurisdição da Administração Regional do Centro e Sul da CAAC de a assinatura do acordo de cooperação estratégica entre a CAAC e a Huawei.

Zheng Hongbo resumiu as práticas do Aeroporto de Shenzhen em transformação digital e construção de aeroporto inteligente nos últimos anos: "Impulsionados pelo novo conceito de transformação digital, concebemos novos planos abrangentes para a construção inteligente de aeroportos e construímos novas plataformas digitais por categoria. Além disso, usamos ativamente novas tecnologias, como big data e IA, para inovar novos modos inteligentes de construção de aeroportos. Como resultado, alcançamos, de forma preliminar, novos patamares em segurança, operações e serviços aeroportuários."

Case Tag : # China

TOP